Domingo, 14 de Julho de 2024
67 99893-6260
17°

Tempo limpo

São Paulo, SP

Dólar com.

R$ 5,43

Euro

R$ 5,93

Peso Arg.

R$ 0,01

Geral Legado

Do Japão à Angola, Nico espalhou paixão pelo judô antes de partir

Além do legado no esporte, sensei deixa lição de humildade e gentileza

27/01/2024 09h17
Por: Redação Fonte: Campo Grande News
Do Japão à Angola, Nico espalhou paixão pelo judô antes de partir

Em 1978, Nicodemos Filgueiras Júnior descobriu o esporte que seria uma das maiores paixões da vida. Através do judô, o sensei rodou o mundo aprendendo, ensinando pessoas e fazendo muitos amigos. Aos 57 anos, Nicodemos se despediu da vida deixando um legado inspirador como atleta, pai e amigo.

Foram nove dias internado até o falecimento na tarde de quinta-feira (25) em decorrência de problemas cardíacos. O velório ocorreu na sexta-feira (26) no Cemitério Jardim das Palmeiras onde família e amigos estiveram reunidos. Desde as primeiras horas até 15h, diversas pessoas passaram pelo lugar para prestar condolências e dizer o último adeus.

Ao Lado B, Júlia Filgueiras, de 24 anos, conta como o pai tinha prazer em ensinar o judô e ensinar um pouco do que começou a aprender quando tinha apenas nove anos. “Meu pai era um cara diferenciado, ele tinha a mente aberta para tudo e tinha sempre muita vontade de compartilhar. Ele foi selecionado pela CBJ em 2019 junto com outros professores para fazer o intercâmbio Brasil-Japão. Foi a última turma do Sport For Tomorrow, que é o nome do programa. Eles passaram dois meses no Japão estudando a metodologia japonesa dentro de universidades japonesas, academias de judô e ele aprendeu muita coisa”, diz.

A acadêmica de Publicidade e Propaganda relata que após o intercâmbio Nicodemos voltou ao Brasil com um projeto inovador. “Chegando aqui, ele passou por muitos estados. Ele passou por Goiás, Amazonas, Pará, Mato Grosso compartilhando aquilo que aprendeu. Ele deu início às primeiras pós-graduações e especializações na área do esporte, principalmente na área de lutas. Meu pai foi o criador do primeiro MBA em lutas do mundo”, destaca.

Através do formato EAD, o sensei dava aulas para mais de 100 alunos em todo o País. “Até hoje isso se perpetua. A gente tem uma empresa chamada Pós Esportes. E a gente promove agora pós-graduações na área do esporte, no basquete, no vôlei, no jiu-jitsu, jiu-jitsu kids e judô”, explica Júlia.

Graduado em Educação Física pela UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Pós-Graduado em Treinamento Desportivo pela Universidade de Rondônia- UNIR e mestre em Psicologia da Saúde pela UCDB, Nicodemos deu palestras sobre qualidade de vida, judô e autoestima no Paraguai e Angola. No último país, o judoca passou 30 dias ensinando o esporte para os jovens.

O atleta foi faixa preta por 30 anos até alcançar o 6º dan e ganhar o direito de usar a faixa coral. Durante a jornada como atleta e sensei, Nicodemos conheceu e conquistou a amizade de muitas pessoas. Essa habilidade em fazer amigos é uma das virtudes que Júlia cita sobre o pai.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Anúncio
São Paulo, SP
Atualizado às 10h05
17°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 25°

17° Sensação
2.06 km/h Vento
86% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (15/07)

Mín. 15° Máx. 20°

Tempo nublado
Amanhã (16/07)

Mín. 15° Máx. 22°

Tempo nublado
Anúncio
Mais lidas
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias